Empreendedorismo jovem nas palavras de quem foi lá e fez

11, março de 2019

Jefferson Leal tem 23 anos de idade e é dono de uma das empresas mais promissoras do mercado audiovisual capixaba. Egresso do curso de Publicidade e Propaganda daqui da UVV, ele apostou no empreendedorismo jovem para conquistar espaço na área e realizar seus sonhos. 

No comando da Tripulação Criativa há 2 anos, o empresário conta que seu interesse pela produção de vídeos vem de longa data. 

 

Jefferson Leal, egresso de Publicidade UVV

“Minha trajetória começou quando eu ainda era criança, com 12 anos. Fiquei apaixonando pela área da Comunicação ao fazer locuções em uma web radio de um jogo online. Aos 16, tive a oportunidade de passar no curso de rádio e televisão em uma escola técnica da Grande Vitória, e de lá surgiu o interesse de caminhar para a área do audiovisual. Chegando aos 17, iniciei a minha caminhada no empreendedorismo, sendo sócio da minha primeira produtora, e tive a oportunidade de ingressar na UVV no curso de Publicidade e Propaganda, que me rendeu uma nova visão de mercado, posicionamento e estratégias. Juntei tudo que aprendi e, aos 21, após o término do ensino superior, fundei a Tripulação Criativa, minha empresa atual.”

 

Se você cultiva o espírito empreendedor e deseja transformar suas ideias em um negócio de sucesso, saiba quais características Jefferson considera essenciais para que, assim como ele, você também alcance seus objetivos. 

 

 

Ousadia 

Ser ousado e não ter medo de abraçar novas oportunidade me colocaram em lugares e momentos que poucos jovens da minha idade e classe social conseguiram chegar. Já tive a oportunidade de trabalhar ao lado de grandes nomes nacionais e internacionais, devido à coragem para encarar desafios e ao bom trabalho que minha equipe e eu sempre desenvolvemos. 

 

Cabeça aberta 

Vejo hoje que, para um jovem iniciar o seu negócio com qualidade, ele precisa antes de tudo deixar de lado seus preconceitos e estar aberto a novas culturas e ideias. Enquanto o indivíduo não tiver uma mente livre e preparada para um mundo diverso e criativo, ele será apenas mais um empreendedor mediano no mercado. 

 

Receptividade a críticas 

A crítica vai chegar e você deve deixá-la participar de sua carreira. Muitos empreendedores que estão iniciando ficam com receio em desenvolver algo fora do comum com medo das críticas que virão. 

Sempre que alguém me pede um conselho sobre isso, digo que o que me fez ir para a área do audiovisual foi uma pessoa do meu curso dizer que eu nunca saberia trabalhar com vídeos. Isso me fez mais forte e com mais vontade de querer ser muito bom em meu trabalho. 

 

Resiliência 

Resiliência, uma palavra que me resume e está presente na jornada de todo empreendedor. Durante a minha carreira, tive que acordar e dormir com ela, sempre com a esperança de que o amanhã seria melhor. 

O mercado não é para amadores. Sempre escutei essa frase, mas nunca fui desmotivado por ela. As dificuldades aparecerão, será difícil você se destacar em meio a tantas pessoas, empresas e serviços, mas o que você nunca deve perder é sua essência e o porquê de você estar fazendo isso. 

 

Humildade 

Tive a oportunidade de trabalhar com grandes talentos capixabas na minha empresa, e foram poucos que contratei devido somente ao conhecimento técnico que eles apresentaram. Sempre levo trajetória, garra e dedicação em contaÉ assim que o seu futuro contratante te enxergará. É óbvio que a qualidade do seu trabalho é muito importante, mas lembre-se que suas origens e humildade junto ao próximo são igualmente relevantes. 

 

É um orgulho para todos nós, da #FamíliaUVV, ver Jefferson conquistando cada vez mais espaço no mercado do Audiovisual. Estamos na torcida para que ele e seus marujos naveguem para ainda mais longe e mostrem aos sete mares o poder de quem vem do paraíso. 

 

Avante, Tripulação!