Perca o medo de apresentar trabalhos

17, maio de 2019

Uma apresentação de trabalho na frente de toda turma pode ser algo amedrontador para muitos. Sabemos que o desconforto causado pela timidez pode atrapalhar. A verdade é que é muito mais do que apenas ler um conjunto de slides para os colegas. Como você faz sua apresentação é pelo menos tão importante em comunicar eficazmente sua mensagem como o que você diz.

Apresentar um trabalho é a forma de provar o que você fez durante determinado período da sua disciplina, sendo um ponto importante, mas pouco valorizado pelas pessoas. A apresentação pode auxiliar tanto no desenvolvimento mercadológico como acadêmico.

Uma apresentação eficaz é mais do que apenas ficar em pé e dar informações. Confira as dicas para mandar bem nas apresentações e perder o medo de falar em público:

Preparação:

Estime o tempo disponível para a sua apresentação para que você possa decidir quanto de informações você pode incluir. Seja realista sobre quanto material você pode fazer, pois é importante que você mantenha dentro do seu limite de tempo.

Conheça o assunto completamente:

Verifique todo o trabalho e pense sobre as perguntas que o público pode fazer. Se você não estiver familiarizado com o seu assunto, você se sentirá desconfortável com ele, e o nervosismo aumentará. Aprender tanto sobre o assunto quanto possível ajudará a aumentar a confiança.

Erros famosos:

Para Isis Drumond, produtora sênior do Redes de Cidadania e professora da UVV, os erros mais comuns e que podem ser evitados, é querer falar tudo ao mesmo tempo ou quando tentamos reproduzir exatamente as palavras decoradas anteriormente. A dica é apostar nos fichamentos e anotar por tópicos. “Não ache que o público está ali para promover críticas a qualquer momento. A crítica não pode ser absorvida como um limitador para sua vida. Se você está ali na frente, é porque você se preparou e tem autonomia e autoridade no assunto”, afirma.

Conte histórias:

Os seres humanos são programados para responder a histórias. Histórias nos ajudam a prestar atenção, e também a lembrar de coisas. Se você puder usar histórias em sua apresentação, é mais provável que seu público se envolva e lembre seus pontos depois.

Olhe para o público:

Se você já se perguntou onde deveria estar olhando quando apresentava, a resposta está bem na sua frente. Não escolha apenas uma pessoa, mas tente fazer contato visual com várias pessoas por toda a sala. Se você não fizer isso, então você não está engajando o público, você está apenas falando consigo mesmo. Isso pode resultar em uma total falta de atenção do seu público.

Recursos visuais:

Isis conta que os recursos visuais são artifícios que melhoram as didáticas, mas a apresentação apenas com texto pode confundir, tá? O público fica confuso e não saberá se presta atenção na sua fala ou em seu texto. Os recursos visuais mostram que você se preparou e ajudam seus colegas e público a lembrarem o que você está dizendo. Fotos, figuras e ícones funcionam como gatilhos de memória visual. Sempre que você puder adicionar um visual que ajude a ilustrar ou reforçar os pontos que você está fazendo nos slides, você deve usá-lo.

Guarde bem essas dicas com você e arrase em suas próximas apresentações! Se você gostaria de conversar com um profissional sobre sua timidez, procure o Serviço de Apoio Psicológico e Profissional da UVV. Para quem sofre com qualquer tipo de adversidade que afete a saúde emocional, a UVV oferece serviços terapêuticos especializados gratuitos ou de baixo custo.