“Mas que preguiça boa, me deixa aqui à toa”: como manter uma boa produtividade?

19, fevereiro de 2021

“Tão natural quanto a luz do dia” é estarmos sempre sobrecarregados. Não termos tempo e estarmos sempre na correria.  Chegamos ao final do dia com um sentimento de desespero por termos trabalhado o dia inteiro e ainda assim, não termos conseguido amenizar a rotina. Mas se “existe um lado bom nessa história”, é que podemos simplificar.

Analise sua rotina e verifique se é humanamente possível dar conta de tudo que precisa fazer. Respeite suas limitações e aprenda a dizer não para convites que não quer participar e poderia evitar. Estabeleça prioridade. Faça uma pausa para planejar sua rotina.

Faça uma linha do tempo com 24 horas e monte um cronograma mensal, semanal e diário. Separe a demanda que você precisa entregar por ordem de importância. Quais são os seus prazos? Se não for possível realizar a entrega, tente replanejar e negociar novos prazos com antecedência.

Para manter uma boa produtividade tente reduzir as distrações. Procure manter seu ambiente de trabalho organizado. Desative as notificações das redes sociais e estabeleça pequenas metas diárias para facilitar seus dias. Por exemplo, programe pausas sistemáticas: trabalhe por 30 minutos e só depois pegue o celular.

Você precisa respeitar seu corpo e sua mente. “Isso faz falta no dia a dia”. Se você̂ não tiver saúde e não estiver bem, nenhum planejamento vai funcionar. Manter uma boa produtividade não significa ter dias exaustivos sem pausas para descanso e lazer.

Uma boa produtividade requer constância e respeito ao corpo. Tente, na medida do possível, dormir bem, comer bem e se exercitar. Separe um tempo do seu dia para fazer uma atividade física e ter um momento descontraído para seu lazer.

É um clichê, eu sei. A gente já sabe disso, a gente tenta, mas não consegue manter esse padrão. Precisamos tentar. Para que você possa gerir bem o seu tempo, a sua produtividade e aproveitar a vida: defina suas prioridades, planeje sua rotina, reduza as distrações, cuide de você e “vamos viver, e cantar”!

Lorrara Imagawa