No Dia Mundial da Água, conheça o projeto LabPeixe

22, março de 2021

Garantir água em qualidade e quantidade para as futuras gerações, saneamento básico para toda população, assegurar que as atividades humanas sejam realizadas, mas com monitoramento e responsabilidade. São muitos os desafios para se pensar nesse Dia Mundial da Água.

Na Universidade Vila Velha – UVV, existe desde 2007 o Laboratório de Ictiologia Aplicada, desenvolvido pelos professores de Ciências Biológicas, Levy Carvalho Gomes e Adriana Regina Chippari Gomes.

São feitas pesquisas relacionadas com a avaliação e o impacto ambiental em ambientes aquáticos, utilizando peixes ou invertebrados, como o ouriço.

Carinhosamente chamado de LabPeixe, ele hospeda alunos de todos os níveis, principalmente de Ciências Biológicas, Mestrado e Doutorado em Ciências Farmacêutica, Ciência Animal e Ecologia de Ecossistemas; e desenvolve projetos protetivos para o meio ambiente.

Para esse dia dedicado ao patrimônio mundial da humanidade, os professores deixam um recado:

“Existem dois fatores fundamentais que temos que entender: primeiro, a água é um recurso fundamental para nossa existência, segundo a água é um recurso finito. Se não cuidarmos ela pode acabar ou ficar imprópria. Então é uma responsabilidade da nossa geração preservar a qualidade da água”.

 

Projeto Social PicJunior

Dentro do LabPeixe, também funciona o Programa de Iniciação Científica Junior, em que professores trabalham com crianças do ensino fundamental. Elas conhecem de perto biomas, como o manguezal, suas características e entendem como é importante sua preservação.

Também é mostrado para elas, dentro do laboratório da UVV, como são feitas as avaliações da água e o impacto disso no meio em que elas vivem.

“A PicJunior funciona como agente transformador na vida das pessoas, elas ficam capacitadas para atuar na área ambiental e de pesquisa, incentiva a vida acadêmica, gerando mais força de trabalho para essa área tão sensível”, destacam os professores.

O LabPeixe já formou 30 mestres, 10 doutores e supervisiona 6 doutores, além de ter dezenas de alunos de graduação.

 

Levy Carvalho Gomes e Adriana Regina Chippari Gomes, professores do curso de Ciências Biológicas UVV e responsáveis pelo LabPeixe.