Pessoalmente, existe a etiqueta, virtualmente, existe a netiqueta

14, julho de 2021

Quando fazia a minha primeira graduação, morei um tempo em Mariana, interior de Minas Gerais. Além de fazer amizades que carrego até hoje, adquiri um hábito comum de lá: cumprimentar pessoas que cruzavam comigo na rua, mesmo nunca tê-las visto na vida.

O famoso “opa!”.

Agora, vamos imaginar a situação. Na Praça da Sé, em Mariana, estou andando na calçada. Depois de alguns passos, vem uma pessoa na minha direção, olhando pros meus olhos e diz: “opa!”. Diante disso, só olho para ela, ignoro e sigo o meu caminho…

Muitas pessoas ficariam incomodadas com isso, não é? Então, se ficaram incomodas por não haver a resposta do “opa”, porque muitos não estão nem aí ao iniciarem uma interação no chat, no fórum, na webconferência e outros recursos comunicativos virtuais sem dar um “bom dia”?

Por conta disso, da mesma forma que existe uma convenção social implícita de conduta e de comportamento entre os indivíduos no meio presencial, também existe no meio virtual. Ou seja, pessoalmente, existe a etiqueta, virtualmente, existe a netiqueta.

Não é porque você pode não estar vendo a pessoa do outro da tela que a cordialidade, a polidez e a educação deixam de existir, tá bem?

Portanto, para que você não deixem ninguém em stand by eterno (é “deixar no vácuo”, só que no contexto virtual), aqui vai algumas dicas para aplicar a netiqueta, quando você estiver online.

– Nas interações online (chat, fórum webconferência etc.) com outras pessoas, quando você começar a digitar, inicie com um “bom dia/tarde/noite”;

– Ainda no contexto anterior, não se esqueça do vocativo (Professor, como você vai?);

– Quando fizer um pedido, solicitação e similares, priorize o futuro do pretérito (João, você poderia me enviar o material…);

– Usar letras maiúsculas pode gerar o sentido de que você está BRIGANDO, ou GRITANDO com alguém. Assim, esteja atento ao contexto;

– Empregue adequadamente a pontuação, porque elas ajudam não só a organizar o texto, mas também facilita a interpretação de quem lê.

São novos tempos…

Tutor UVV ON Leonardo


Leonardo Vilhagra

Mestre em Estudos Linguísticos
Tutor do ensino a distância