Aluno de Design de Produto faz sucesso como cosplayer

5, novembro de 2019
Texto de Renato Conceição 

 

A cultura cosplay se caracteriza pela paixão ao universo pop. Pessoas vestem-se como seus personagens favoritos e mostram que existe muito mais do apenas diversão por trás dessa maniaO trabalho dos cosplayers está cada vez mais profissional. Tem gente até usando a futura profissão para criar as próprias fantasias.

Este o caso do estudante do curso de graduação em Design de Produto da Universidade Vila Velha, Victor Cutini Neves. Fã de franquias como Toy Story, Star Wars e Vingadores, ele usa o conhecimento adquirido nas salas e laboratórios da UVV para produzir roupas que impressionam pela fidelidade às peças originais. 

Fonte: Instagram/@victor_crafter

Eu me considero mais um cosmaker, alguém que faz o traje, e às vezes visto o manto de alguns personagens. A primeira fantasia que criei na vida foi de Assassin’s Creed, depois veio o Buzz Lightyear e, por último, fiz o traje Quântico, de Vingadores: UltimatoO conhecimento que adquiri na universidade me ajuda bastanteMajoritariamente na parte de planejar, projetar e administrar ideias, além da noção de materiais, maquinário, softwares e empresas que podem me auxiliar em projetos futuros”, explica. 

 

Inspirações

Cinema, TV, Games, Literatura… tudo é fonte de inspiração. Isso é que prova o Concurso de Cosplay realizado pela UVV recentemente, dentro da programação de sua semana de inovação e empreendedorismo, o InovaWeek. 

Foram mais de 20 concorrentes, com fantasias baseadas em personagens de diversas plataformas. Entre eles, estava Victor e seu traje de Buzz Lightyear. 

Fiz a fantasia do Buzz em 2016, antes de começar o curso de Design de Produto. Eu ainda estava no ensino médio quando comecei a projetá-la. Minha escola estava promovendo uma festa à fantasia e esse seria meu último ano, então decidi fazer algo para fechar o evento com chave de ouro. Esse é um dos projetos de que mais me orgulho. 

Vestir-se como seus personagens favoritos é um hobby de longa data na vida de Victor. Para ele, especializar-se como cosmaker é uma grande realização: 

Desde criança gosto de me fantasiar. É muito gratificante receber tantos elogios e perceber que meu trabalho é apreciado pelas pessoas. Meus planos para um próximo cosplay ainda estão em repouso. Como estou na reta final do curso, preciso me dedicar bastante. Mas tenho planos de fazer um traje do Batman inspirado nas versões antigas”, declara o estudante, cheio orgulho.

 

Sigam-me os bons!

Para acompanhar os trabalhos do Victor, basta segui-lo no Instagram. Clique aqui e veja quantas coisas incríveis ele já criou.